Engenharia de Produção

A relação da Engenharia de Produção com outras Engenharias

Entenda como o profissional formado em Engenharia de Produção pode desenvolver seu trabalho em conjunto com profissionais de outras Engenharias.

O Engenheiro de Produção, assim como qualquer outro profissional, não trabalha isoladamente no seu dia a dia. Em qualquer área que formos trabalhar estaremos em contato direto com diversos outros profissionais, seja de outras Engenharias ou qualquer outra profissão que tenha interface com a produção de bens e/ou serviços.

post producao engenharias - A relação da Engenharia de Produção com outras Engenharias

Neste sentido, podemos então tentar entender um pouco melhor como se dá essa relação do Engenheiro de Produção com profissionais formados em outras Engenharias. Iremos abordar 5 delas:

1) Engenharia de Produção e Engenharia Civil

Uma das áreas que mais têm interessado aos Engenheiros de Produção nos últimos anos é a de Construção Civil e, com isso, a interface com profissionais da Engenharia Civil é inevitável. Neste sentido, como estes dois profissionais se relacionam?

Enquanto o Engenheiro Civil lida com a parte técnica de dimensionamento e projeto da obra em si, o Engenheiro de Produção se preocupa com sua relação custo-benefício, com a parte financeira como um todo, com a ergonomia e segurança do trabalho, além da gestão do projeto em termos de prazo, utilização de recursos e produtividade.

Veja este vídeo que explica com mais detalhes e exemplos sobre essa relação:

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Civil

2) Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica

Outra Engenharia que possui uma interface com a Engenharia de Produção é a Engenharia Mecânica, que entre outras coisas, está diretamente relacionada com a origem da Engenharia de Produção. Em qualquer tipo de indústria, seja mineradora, química, automobilística, alimentícia ou outra, muito provavelmente serão vistos profissionais formados em ambas as Engenharias.

O Engenheiro de Produção, neste caso, normalmente estará ligado ao processo produtivo em si, seja no Chão de Fábrica, no Planejamento e Controle da Produção ou na Logística dos processos, enquanto o que Engenheiro Mecânico lidará com a parte de Engenharia de Projeto, Engenharia de Manutenção ou Gestão de Ativos.

Isso se dá porque os processos em si e seus equipamentos e ferramentas possuem características técnicas de mecânica e eletromecânica, de forma que o Engenheiro Mecânico está mais apto a lidar com sua instalação e manutenção. Já a especialidade do Engenheiro de Produção lhe permite trabalhar com otimização e redução de custos de toda a cadeia produtiva.

Veja este vídeo que explica com mais detalhes e exemplos sobre essa relação:

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Mecânica

3) Engenharia de Produção e Engenharia Elétrica

A Engenharia Elétrica também é uma das áreas da indústria que possui relação direta com a Engenharia de Produção, seja por conta de disciplinas como Energia e Eletricidade ou Automação e Controle, seja pelo fato de que para um processo produtivo funcionar ele necessita, invariavelmente, de energia elétrica.

Por conta disso, é imprescindível que uma indústria que seja ao menos de médio porte possua um Engenheiro Eletricista, que trabalhará com a instalação e a manutenção de equipamentos elétricos e eletrônicos. Assim, qualquer Engenheiro de Produção que vá para uma indústria lidará rotineiramente com esse profissional. Porém a relação entre ambos se dá mais ou menos nos mesmos moldes que com o Engenheiro Mecânico: um mais voltado para o processo produtivo em si e o outro para instalação e manutenção dos equipamentos.

Veja este vídeo que explica com mais detalhes e exemplos sobre essa relação:

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Elétrica

4) Engenharia de Produção e Engenharia Química

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Química é mais minuciosa, pois ambos normalmente trabalham diretamente no processo produtivo. Indústrias químicas em geral, de fertilizantes, minérios, ácidos etc., costumam dar preferência a profissionais da Engenharia Química para lidar com seus processos, já que este entende de forma aprofundada como se comporta as transformações químicas de seus produtos.

Porém, neste caso, o Engenheiro de Produção pode entrar no trato com o Planejamento e Controle da Produção e com os processos Logísticos da empresa. Isso não exclui a possibilidade de trabalhar também diretamente com as transformações químicas ou com a liderança de equipes na produção, mas trabalhar em conjunto com um Engenheiro Químico é de extrema importância, neste caso, pois este último tem mais conhecimento técnico em relação ao produto que está sendo processado, enquanto que o Engenheiro de Produção tem mais ferramentas para lidar com produtividade dos trabalhadores e qualidade do processo.

Veja este vídeo que explica com mais detalhes e exemplos sobre essa relação:

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Química

Por último, um setor que, no Brasil principalmente, atrai Engenheiros de Produção é o setor Agrícola. Nele o Engenheiro de Produção pode buscar atuar tanto em indústrias quanto no campo, de forma que, em ambos os casos, os ferramentais que serão demandados para utilização são os mesmos (conceitos e ferramentas de qualidade, pesquisa operacional, engenharia econômica, logística, entre outros), a única diferença é o objeto ao qual se aplica.

Tanto na indústria quanto no campo o Engenheiro de Produção também precisa trabalhar em conjunto com o Engenheiro Agrícola (ou Engenheiro Agrônomo). Assim como na relação com o Engenheiro Químico, ambos possuem expertises diferentes, já que o Engenheiro Agrícola é mais especializado no entendimento das características físicas e biológicas dos grãos, dos solos e dos animais de maneira geral, enquanto que o Engenheiro de Produção tem seu entendimento voltado a produtividade, qualidade, logística, etc.

Veja este vídeo que explica com mais detalhes e exemplos sobre essa relação:

A relação da Engenharia de Produção com a Engenharia Agrícola

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Seja em qualquer ramo da produção de bens ou serviços, inevitavelmente iremos nos deparar com profissionais formados em outra Engenharia, de forma que devemos trabalhar em conjunto para que a produção da empresa seja feita com excelência e entrosamento.

Neste post tentamos explicitar como se dá essa relação com 5 outras Engenharias: Civil, Mecânica, Elétrica, Química e Agrícola. É importante ter visto também os vídeos, já que estes apresentam ainda detalhamento maior e exemplificações dessas relações.

Com isso, é importante entendermos que, independentemente da competição ou rivalidade que, infelizmente, há entre alguns profissionais de engenharias distintas, invariavelmente estas mesmas engenharias distintas precisam trabalhar em conjunto para que o processo como um todo funcione. Cada um possui sua expertise e pode contribuir de formas diferentes para esse sucesso.

Alguns cursos possuem convergências de atuação, outros convergências de conceitos estudados, porém ao final da formação, cada um traz uma especialidade diferente da outra. O profissional formado em Engenharia de Produção é mais generalista quanto ao campo de atuação, pois seus principais conceitos são aplicáveis nos mais variados tipos de setores, permitindo que ele possa trabalhar em conjunto com diversas áreas distintas.

Além disso, é importante mencionar também que há cursos de Engenharia de Produção com ênfase, que são cursos que trazem os conceitos básicos da Produção, porém aplicando em um setor específico da indústria, como por exemplo: Engenharia de Produção Agroindustrial, Engenharia de Produção Elétrica, Engenharia de Produção Civil, Engenharia de Produção Mecânica, entre outros.

Esses cursos com ênfases são, basicamente, modalidades da Engenharia de Produção, que deixam de lado o aprofundamento em conceitos básicos da Engenharia de Produção para focar em aspectos técnicos da área ao qual eles estão focados, de forma que cada uma dessas modalidades possui relação mais direta com as Engenharias das quais eles trabalham.

Caso seja do seu interesse, você pode conferir também este vídeo que se aprofunda nessas 4 modalidades da Engenharia de Produção com ênfase citadas acima:

4 Principais Ênfases em Engenharia de Produção

Por fim, o que este post quis trazer de novo é que não há trabalho isolado, estaremos sempre em contato com profissionais de outras áreas. Assim, equipes multidisciplinares, que possui membros com diferentes especialidades, normalmente gera resultados mais relevantes que equipes com pouca diversidade. Neste sentido, a Engenharia de Produção, assim como as outras Engenharias citadas, tem inúmeras contribuições a oferecer para que os projetos das mais diversas áreas obtenham sucesso.

Logo Produção - A relação da Engenharia de Produção com outras Engenharias
Este post é uma parceria com a página do Facebook Engenharia de Produção
Etiquetas
Veja mais

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo
Fechar