Engenharia de Produção

Entendendo o Planejamento Estratégico através do War

Em época de isolamento social devido ao surto do novo corona vírus, recorra ao jogo de tabuleiro War como forma de entretenimento – no meu caso, para não enlouquecer de vez!

War O Clássico Da Estratégia Jogo De Tabuleiro Grow - R$ 149,90 em ...

War é um jogo de tabuleiro de guerra dos anos 70 representado pelo mapa mundi focado em estratégia. Derivado originalmente do Risk – versão norte-americana – War é um jogo recheado de plot twists, envolvendo tomadas de decisão de curto, médio e longo prazo, com uma sutil dose de sorte – eu diria probabilidade estatística – para deixar o jogo ainda mais interessante.

Cada jogador recebe um objetivo, territórios, exércitos e, em função do objetivo, traçar sua estratégia; o jogo termina quando um dos jogadores – de até seis – consegue atingir seu objetivo primeiro. E, indo para além do entretenimento, o War pode ajudar o engenheiro de produção a compreender melhor sobre planejamento estratégico, ou seja, como decidir quais serão os próximos passos que a organização terá que tomar diante de uma analise macro do mercado.

No artigo de hoje, vamos compreender de que forma esse viciante jogo de tabuleiro pode ajudar você, engenheiro de produção ou estudante de engenharia, a desenvolver o planejamento estratégico da organização ao qual faz parte – ou fará.

Imagem: A autora J.K Rowling jogando Risk (versão norte-americana do War), via Twitter.

 

 

 

 

Preparação dos Exércitos (posicionamento estratégico)

No inicio do jogo são distribuídos territórios como iguais para os jogadores, alocando cada exercito no território que o jogador possuir. No meio organizacional você precisa saber onde está pisando, ou seja, precisa conhecer o ambiente, qual é o posicionamento da organização em relação ao mercado, rever sua missão, visão e valores para, a partir daí desenvolver seu planejamento.

Desenvolvendo o Plano de Ação (planejamento estratégico)

Cada jogador recebe um objetivo ao qual apenas ele tem acesso, a partir desse objetivo, o jogador precisa olhar para o mapa e fazer uma analise global de como estão suas tropas, quais são suas limitações, quais são suas oportunidades de avanço para, a partir disso, começar a elaborar sua estratégia.

Assim como no War, na fase do plano de ação é imprescindível que você identifique quais são as fraquezas e forças da organização, e, posteriormente, pontuar as ameaças e oportunidades diante da analise externa. Dessa forma, é possível priorizar as ações em detrimento da analise. No War costumo fazer uma analise SWOT rodada por rodada até mensurar o objetivo dos meus adversários.

No escopo organizacional, a reflexão da Matriz é mais profunda, porque no jogo você pode elaborar um plano de ação que, a longo prazo pode não dar certo. Já na vida real, você não pode desenvolver um plano falho.

É hora de Jogar! (planejamento alinhado)

Cada exército é extremamente importante na guerra, não posso deixar ninguém para trás, eles são a engrenagem que irão me levar rumo à vitória, ao meu objetivo principal. Quando me preparo para atacar ou defender, eles estão cientes do plano e dos riscos.

Após a elaboração do plano de ação, você tem que apresentar para os colaboradores, isto é, informar quais serão as etapas do planejamento. Nessa fase, você precisa alinhar as informações com toda a equipe e motivá-los para que a execução do plano seja bem-sucedida. A sinergia entre as equipes nesta etapa, é a palavra-chave.

Análise do Cenário no Mapa (estratégia de cenários)

No decorrer do jogo, alguns jogadores descobrem – ou mensuram – o objetivo do outro jogador, nesse momento, esses jogadores fazem alianças temporárias para derrubar o oponente, rearranjam suas tropas, compartilham recursos e informações. No mercado, você tem que ter jogo de cintura, o desenvolvimento do plano pode sofrer mudanças no decorrer do processo.

Então, você tem que planejar diferentes cenários para lidar com a volatilidade do mercado e garantir o sucesso do planejamento estratégico. No War, faço alianças para contornar e garantir minhas metas. Na analise de cenários, considere um benchmarking caso apareça algum concorrente que irá ameaçar seus objetivos.

Acompanhamento das Metas e Objetivos (desempenho do plano)

A guerra está quase no fim, meus oponentes já estão psicologicamente acabados depois de tantas horas de jogo, mas eu estou lá, acompanhando o desenvolvimento das minhas tropas, das metas que tracei durante o jogo para atingir meu objetivo. O planejamento foi posto em ação, você precisa acompanhar o desenvolvimento do plano, acompanhar as equipes que foram delegadas a executar as atividades do plano. Como foi dito anteriormente, é possível aparecer obstáculos no decorrer do caminho, então o monitoramento da implementação do planejamento tem que ser diário.

O processo de melhoria contínua se aplica tanto ao jogo, quanto ao desenvolvimento e execução do planejamento estratégico, a comunicação tem que ser clara, sempre lembrando dos valores da organização, da razão pela qual todos estão participando da jornada e alcançar a visão estabelecida, tenha controle emocional – tem horas no jogo que os dados me deixam nervoso, pra dizer o mínimo –, um bom líder, sabe gerenciar suas emoções.

Todas as etapas do planejamento são importantes, então desenvolva um clima e cultura organizacional ótimo, de preferência, adote os princípios da manufatura enxuta para garantir o sucesso do planejamento estratégico da sua organização.

Ah! Meu objetivo no jogo era conquistar 24 territórios à minha escolha. Eu venci, sabe como? Executei o meu Planejamento Estratégico com perfeição.

Etiquetas
Veja mais

Jhonny Mike Ramos Nunes

Engenheiro de Produção. Assessor de Recursos Humanos no Engenheiros Sem Fronteiras – Núcleo Macapá

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo
Fechar