Tecnologia e Inovação

FINIT 2017

Bem-vindos a terra da inovação!

A FINIT reúne, em um só lugar, grandes e consolidados eventos e um público bem diverso: startups, grandes empresas, estudantes, pesquisadores, profissionais da área de tecnologia e interessados nas temáticas abordadas.

Na edição de 2017, trouxe a segunda CAMPUS PARTY MINAS GERAIS, repleta de atividades para os campuseiros mineiros; a ARENA DE NEGÓCIOS, conectando grandes empresas e startups; a ARENA EXPERIENCE, promovendo atividades de divulgação científica por parte de centenas de instituições nacionais e a ARENA CRIATIVA, um ambiente dedicado à criatividade e inovação.

E o mais interessante é que a feira é uma iniciativa do governo de minas, então é um espaço para todos, inovação aberta ao público, o que é muito bom incentivar nossa sociedade a resolver problemas, incentivar o empreendedorismo, trazendo tecnologia não somente pra Minas Gerais, mas sim para o Brasil e para o mundo, isso resultará em desenvolvimento do país e de grandes empresas.

Aos olhos de nós engenheiros de produção a finit ofereceu várias atrações como na arena criativa tivemos vários espaços para inovação espaços makers onde as pessoas soltaram a criatividade com impressoras 3D, workshops de arduino, e até mesmo com papelão, apresentação de vários robôs inteligentes que poderiam ser facilmente aplicados a indústria, arena de drones, stands com realidade virtual que em um futuro próximo pode ser aplicado nas grandes empresas, inclusive algumas já utilizam para realizar treinamentos como a Cemig (companhia energética de minas gerais) que expos na finit um ambiente de realidade virtual onde mostra uma subestação que trabalha com altos níveis de tensão, tornando arriscado realizar um treinamento dentro da subestação, então a realidade virtual entra diminuindo o risco dos novos colaboradores.

DSC 4675 300x201 - FINIT 2017
“game” criado pela cemig para treinamento em subestações.

Arena experience trouxe a apresentação de projetos científicos de grandes instituições de ensino que contribui para o desenvolvimento da ciência e tecnologia no Brasil, projetos de alunos do ensino superior, médio e fundamental, este espaço tem grande importância para o futuro, pois é de onde sairá os futuros profissionais, um stand bem interessante é o “meu primeiro negócio” um programa direcionado aos estudantes do ensino médio da rede pública de Minas Gerais, fomentando o empreendedorismo, despertando a criação de projetos em diversas áreas, isto é plantar  nestes alunos o pensamento inovador que no futuro será de grande importância não só para eles, mas também para as grandes empresas e nós engenheiros de produção pois teremos a oportunidade de trabalhar com pessoas inovadoras, proativas, criativas, com espirito empreendedor e visão de futuro.

Um dos espaços mais relevantes para nós é a arena de negócios onde houve a integração entre empresas-startups-pessoas, tivemos espaço conexão voltado para isso, diversas empresas do setor industrial puderam negociar com startups da área, como a VGRESÍDUOS.

+ VGRESÍDUOS

A VGRESÍDUOS é startup mineira focada na gestão inteligente de resíduos sólidos pertencente a Verde Ghaia. Um dos eventos mais importantes realizados na feira, a 100 Open Startups, revelou as três startups mais promissoras da capital mineira e a medalha de bronze ficou com a VG Resíduos. A startup é focada na gestão inteligente de resíduos sólidos e cria oportunidades a partir do “Mercado de Resíduos” para que empresas tratadoras e geradoras possam realizar trocas comerciais transformando o que seria um problema em receita. A VG Resíduos agrega todas as soluções para a gestão de resíduos das empresas desde a geração até a destinação/disposição ambientalmente adequada dos resíduos.

Quer saber mais sobre a VGRESÍDUOS acesse: https://www.vgresiduos.com.br/ 

DSC 4836 1 300x201 - FINIT 2017
Palco Arena de Negócios.

Foi na arena de negócios onde tivemos palestras sobre empreendedorismo, inovação, como o shark tank Brasil onde 5 startups tiveram três minutos para expor seus projetos para Camila Farani, presidente do Gávea Angels e fundadora do Mulheres Investidoras Anjo (MIA), e Caito Maia, fundador da Chilli Beans. Ao final, quatro delas ganharam investimento ou apoio no desenvolvimento dos negócios.

Tivemos também a She’s Tech, movimento que visa fortalecer a presença de mulheres empreendedoras no mercado, realizou um painel com várias palestras na Arena de Negócios. O evento contou com a participação de Nathalia Assunção, coordenadora de aceleração de startups do Grupo Ânima, Maíra Lemos, jornalista, Liege Mendes, responsável por parcerias estratégicas da Max Milhas, e moderação de Andrea Motta, gestora de parcerias da FINIT.

Trouxe para vocês um resumo do que foi a finit para nós engenheiros de produção e o que nos aguarda em um futuro próximo, inovação, empreendedorismo, vem chegando com força no nosso mundo e é importante ter o conhecimento desta área para se manter no mercado, grandes empresas vêm investindo no mundo de startups, no mundo empreendedor, no mundo maker com força, exemplos disso são a unimed-bh, localiza, porto seguros são empresas que investem nos colaboradores empreendedores com projetos dentro de suas empresas incentivando o Intraempreendedorismo o que possibilita resolver vários gargalos dentro das empresas, o que é de grande importância para nos engenheiros.

Confira um resumo do que aconteceu na FINIT 2017:

Etiquetas
Veja mais

Brenno Magalhães

20 anos, mineiro, apaixonado por tecnologia, inovação, gestão, gosto de aprender e de ensinar, no momento de descanso um bom livro e boas séries.

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo
Fechar